CHUVAS COMEÇAM A CAUSAR ESTRAGO NO AGRESTE! SERÁ?

As chuvas abundantes que a pouco mais de dois meses caem sobre a Microrregião do Agreste Meridional de Pernambuco são louvadas pela população pois nos tiraram da maior seca dos últimos 70 anos.

Porém alguns estragos são detectados em virtude das chuvas em toda a região.

Um bom exemplo é o prédio residencial que desabou em garanhuns na última segunda-feira (10) matando duas pessoas e ferindo mais duas.

Estradas acabadas, rios transbordando, casas comprometidas barragens estourando e alguns desabamentos de terra.

Mas com certeza isso tudo não é culpa das chuvas e sim dos homens. As chuvas trazem consigo a riqueza da vida, fauna e flora voltam a existir integralmente e aqueles que sabem respeitar os limites da natureza não se reclamam de "estragos" porque eles não os atingem.

Já aqueles que desafiam a natureza sofrem as consequências de atos impensados como construções mal feitas em locais inadequados, estradas que passam por dentro de rios, barragens sem sangrador e desmatamento desenfreado.

Por isso não adianta querer colocar a culpa nas chuvas, até porque elas é quem deram ao "agresteiro"
a esperança que a muito estava escassa.

Comentários

  1. Texto claro e verdadeiro.. a culpa não é da natureza, mais sim, das pessoas com suas atitudes irresponsáveis. 👏

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

PARANATAMA ESTÁ DE LUTO

UM PASTOR COM CHEIRO DAS OVELHAS: Dom Paulo Jackson faz mais uma visita pastoral

Diocese de Garanhuns ganhará dois novos padres nesta sexta (16)